Domingo, 10 de Agosto de 2008

Empate no jogo de apresentação

 

 

Ao final da tarde de sábado passado, o Sporting apresentou aos seus sócios e adeptos o plantel para a época 2008/09. A apresentação teve lugar antes do início do encontro com o PSV Eindhoven. Um a um os jogadores foram chamados ao relvado de Alvalade, onde foram saudados pelos adeptos «leoninos».

Os atletas agradeceram os aplausos e posicionaram-se nas estrelas que lhes pertenciam. Ficou assim conhecido o plantel «verde e branco» para 2008/09:

Guarda-redes: Rui Patrício, Tiago e Ricardo Batista;
Defesas: Pedro Silva, Abel, Tonel, Daniel Carriço, Polga, Caneira, Ronny e Grimi;
Médios: Adrien Silva, Miguel Veloso, Izmailov, Rochemback, Pereirinha, Vukcevic, João Moutinho e Romagnoli;
Avançados: Djaló, Tiuí, Derlei, Postiga e Liedson.

Crónica:

 

 

 

Duas partes, duas tácticas, a mesma ideia. Seja o losango do primeiro tempo ou o 4x4x2 clássico do segundo, este Sporting prova ser organizado (tirando o golo holandês, claro) e, a 15 dias do primeiro jogo oficial, na Supertaça com o F.C. Porto, dá mostras de estar bem perto de um onze competitivo, por muitas que sejam as dúvidas quanto às peças a usar por Paulo Bento. Mas essa é uma boa dor de cabeça para o treinador. Outra, nada benéfica, é o caso João Moutinho, que na primeira aparição perante os sócios teve um misto de aplausos e assobios como recepção.

O leão entrou a rugir, com o golo de Vukcevic, ainda na madrugada do jogo (6m). Foi a conclusão de um Sporting determinado a pressionar na frente, assim que os holandeses tomassem contacto com a bola. E deu frutos essa vontade, perante uma equipa que é tetracampeã de um futebol que, por norma, sabe jogar bem e trata a bola com técnica.

O losango da primeira parte mostrou que Romagnoli e Rochemback podem dividir funções na organização. O segundo a pegar na bola mais atrás, o argentino a rasgar, com tabelas, a defesa contrária (falta ainda que essa seja uma constante no jogo leonino). Depois, Rochemback é garantia de perigo nas bolas paradas: depois do golo, foi quase sempre assim que o Sporting chegou à baliza: em três livres, um remate de Postiga por cima (9m), outro de Derlei (11m) ao lado e um do próprio 26 leonino, com a bola a passar muito perto do poste direito de Cássio Ramos (19m).

Pelo meio, um remate de Dzsudzsak nem chegou a assustar, perante uma defesa em que parece apenas haver duas certezas, com Patrício à parte e seguro. Quem acompanha Polga e Grimi? Pela segunda parte, pelo golo holandês e até pela expulsão de Pedro Silva, a defesa inicial parece estar próxima da titularidade: falta saber Caneira ganha o lugar a Tonel. Os primeiros 45 minutos mostraram que o principal está garantido: os leões já denotam movimentos estudados e que vêm da época passada. Falta acertar na frente e esclarecer as dúvidas atrás.

 In: MaisFutebol

publicado por Izmailov7 às 14:38
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
31


.posts recentes

. Leão fura Metal(ist)

. Convocados para o Metalis...

. Izmailov iniciou a revira...

. Convocados para a desloca...

. Convocados para a recepçã...

.arquivos

. Março 2012

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.links

.Facebook

Facebook Izmailov7

.Contador de Visitas

Turismo
Contador de visita
blogs SAPO

.subscrever feeds